Na sessão, foram planejadas as estratégias econômicas e os objetivos para este ano

Kim Jong-un, durante último dia do funeral de seu pai, Kim Jong-il, em dezembro
AP
Kim Jong-un, durante último dia do funeral de seu pai, Kim Jong-il, em dezembro
A Coreia do Norte fez neste domingo (22) a primeira reunião de Gabinete sob o comando do novo "líder supremo" Kim Jong-un , na qual analisaram a situação econômica do hermético regime comunista, segundo informam os meios de comunicação sul-coreanos. Nesta primeira sessão plenária foram revistas as contas do último exercício e planejadas as estratégias econômicas e os objetivos para este ano, segundo detalhou a agência estatal norte-coreana "KCNA" em um boletim publicado pela sul-coreana "Yonhap".

Leia também : - Coreia do Norte tenta construir imagem de um novo líder
- Líder da Coreia do Norte morre aos 69 anos

Em 2012 o Gabinete norte-coreano acertou dar prioridade ao desenvolvimento da indústria leve e à agricultura do país, segundo confirmou no boletim o primeiro-ministro de regime, Choe Yong-rim. A análise governamental da situação econômica da Coreia do Norte é feita quatro vezes ao ano e é a primeiro desde que o novo "líder supremo" norte-coreano assumiu o cargo após a morte de seu pai Kim Jong-il.

Saiba mais sobre Kim Jong-un, o filho de Kim Jong-il

Os anos de isolamento, a má gestão e os desastres naturais afundaram a Coreia do Norte em uma permanente crise econômica desde os anos 90, que se plasma na escassez crônica de alimentos e energia, e na dependência da ajuda internacional para alimentar seus mais de 20 milhões de cidadãos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.