declaração de guerra - Mundo - iG" /

Pyongyang considera que Seul fez uma declaração de guerra

Seul - A Coreia do Norte qualificou hoje de declaração de guerra a postura da Coreia do Sul a favor de um ataque preventivo se ficar demonstrado que Pyongyang tem intenção de lançar um ataque nuclear contra si, informou a agência norte-coreana KCNA.

EFE |

Nesta quarta-feira o ministro de Defesa sul-coreano, Kim Tae-young, assegurou que "não pode haver mudanças" sobre o princípio de ataque preventivo e que, "se tivéssemos que responder a um ataque nuclear norte-coreano, seria muito tarde e o dano seria grande demais".

Hoje um porta-voz da Junta de Estado-Maior do Exército do regime comunista da Coreia do Norte respondeu a esse comentário, que considerou uma "aberta declaração de guerra", segundo a "KCNA", citada pela agência sul-coreana "Yonhap".

O porta-voz disse também que o Exército norte-coreano "tomará ações rápidas e decididas" contra qualquer tentativa de Seul de violar "nossa dignidade e soberania".

Leia mais sobre: Coreia do Sul - Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coreiacoréia do nortecoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG