Putin vai a cúpula e acusa a Otan de demonizar a Rússia

O presidente russo Vladimir Putin acusou nesta sexta-feira alguns países da Otan de terem demonizado Moscou e não terem reconhecido sua ajuda para acabar com a Guerra Fria, afirmou uma fonte da delegação russa.

Redação com agências internacionais |

Putin atacou ainda os líderes da Otan, na reunião inédita celebrada em Bucareste, por forçarem a Rússia a aceitar a ampliação da Aliança Atlântica a países da antiga União Soviética.

O presidente russo também desafiou a política dos Estados Unidos em relação ao Irã, ao afirmar que este país deve ser ajudado para sair do isolamento, ao invés de ser ameaçado.

Na reunião, o presidente dos EUA, George W. Bush, respondeu a Putin  que a "Guerra Fria terminou", segundo o chanceler espanhol Miguel Angel Moratinos.

Putin chegou nesta sexta-feira ao Palácio do Parlamento de Bucareste para uma reunião inédita com os líderes da Otan, marcada por uma agenda delicada.

A reunião entre os dois ex-inimigos da Guerra Fria acontece em um momento de tensão, após as decisões da Aliança Atlântica de adiar, mas sem descartar, as candidaturas de adesão de Geórgia e Ucrânia e de apoiar o futuro escudo antimísseis americano .

A independência de Kosovo e a suspensão por parte de Moscou do Tratado sobre Forças Convencionais na Europa também devem entrar na agenda da reunião.

Esta é a primeira vez que Putin, a ponto de deixar o Kremlin, participa na reunião do Conselho Otan-Rússia, o fórum de cooperação entre as duas partes, que acontece após a reunião de cúpula de quarta e quinta-feira dos líderes aliados na capital romena.

O que é a Otan

A Otan é uma aliança militar formada durante a Guerra Fria entre os Estados Unidos, o Canadá e países da Europa Ocidental. Seu objetivo era contrapor a influência soviética no continente. Do lado oriental, seu correspondente era o Pacto de Varsóvia, que reunia a URSS e os países da cortina de ferro.

Com a desintegração do bloco socialista, a Otan avançou sobre o Leste Europeu. Bulgária, Romênia, Hungria, Eslovênia, República Checa, Eslováquia, Polônia, Estônia, Letônia e Lituânia fazem parte da aliança militar. O Leste Europeu tradicionalmente é uma área de influência geopolítica russa.

Os países da antiga cortina de ferro também passaram a integrar-se com a Europa Ocidental. Os mesmos países que aderiram à Otan fazem parte da União Européia. 

Leia mais sobre: Otan

Com AFP e BBC

    Leia tudo sobre: otan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG