O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, afirmou neste sábado em Vladikavkaz, capital da Ossétia do Norte, que o conflito armado na região georgiana separatista pró-russa da Ossétia do Sul deixou dezenas de mortos e centenas de feridos.

"Dezenas de pessoas morreram e centenas resultaram feridas", declarou Putin durante uma reunião em Vladikavkaz, transmitida ao vivo pela televisão russa.

Balanços anteriores russos e ossetas do sul falam em entre 1.500 e 2.000 mortos.

ant/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.