Putin propõe cooperação nuclear a Hugo Chávez

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, propôs nesta quinta-feira ao presidente venezuelano, Hugo Chávez, cooperar no setor da energia atômica, ao recebê-lo em sua residência na periferia de Moscou.

AFP |

"Estamos dispostos a considerar a possibilidade de uma cooperação (com a Venezuela) no tema de utilização da energia atômica", declarou Putin,

Mais cedo, a Rússia concedeu um empréstimo de um bilhão de dólares à Venezuela para a compra de armamento russo, segundo anunciou o Kremlin em um comunicado antes do início da visita de Hugo Chávez ao país.

"A Rússia adotou a decisão de conceder à Venezuela um crédito de um bilhão de dólares para implentar programas na área da cooperação técnico-militar", afirmou o comunicado, utilizando o jargão diplomático para se referir à compra de armas.

O Kremlin indicou que a Venezuela assinou 12 contratos de armas com a Rússia desde 2005 num valor total de 4,4 bilhões de dólares (3 bilhões de euros).

A Venezuela comprou aviões de caça, carros de combate e fuzis de assalto da Rússia e planeja adquirir sistemas antiaéreos, veículos blindados e aviões de combate, segundo anunciou na semana passada o diretor da Russian Technologies, Serguei Shemezov, ligado ao ex-presidente e atual primeiro-ministro russo, Vladimir Putin.

Chávez chegou nesta quinta-feira na Rússia, a etapa seguinte de seu giro internacional, que o levará também para França e Portugal.

dt/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG