criminosos georgianos - Mundo - iG" /

Putin pede apoio à Rússia e sanções para os criminosos georgianos

Berlim, 30 ago (EFE).- O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, pediu apoio aos emissários de paz de seu país na Abkházia e Ossétia do Sul, e sanções para a Geórgia, cujos dirigentes qualificou de criminosos e responsáveis pelo conflito no Cáucaso.

EFE |

"Esperamos o apoio aos emissários de paz russos e sanções aos georgianos, esses criminosos", disse Putin em entrevista que será exibida esta noite pela emissora de TV alemã "ARD".

Putin também descartou a possibilidade de a Rússia ficar isolada na comunidade internacional, independentemente da posição de União Européia (UE) e Estados Unidos.

"Nosso país, que pode defender a dignidade e o orgulho de seus cidadãos, não cairá no isolamento. O mundo não termina com a Europa e os Estados Unidos", disse o primeiro-ministro.

Para Putin, o conflito da Abkházia e Ossétia do Sul foi gerado pela Geórgia, enquanto a Rússia, contrariamente ao que muitos esperavam, não reconheceu a independência das duas províncias imediatamente depois do reconhecimento do Kosovo por parte do Ocidente.

"Após o reconhecimento ilegítimo do Kosovo, todos esperavam que reconhecêssemos a Abkházia e a Ossétia do Sul; não fizemos isso e tivemos de engolir o reconhecimento do Kosovo. O que recebemos em troca foi uma escalada do conflito", disse. EFE rz/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG