Putin diz que Rússia não vive no passado, em resposta a declarações de Obama

Moscou, 3 jul (EFE).- O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, fez críticas hoje ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e assegurou que a Rússia não vive no passado, mas olha sempre para o futuro.

EFE |

"Estamos firmemente de pé e sempre olhando para o futuro. Esta é uma característica particular que sempre permitiu a Rússia a avançar e se tornar mais forte", afirmou Putin durante uma visita à região de Krasnodar, no sul do país, segundo as agências russas.

Putin fez as declarações em resposta às afirmações feitas por Obama, às vésperas de sua primeira visita à Rússia, nas quais disse que o ex-presidente russo "tem um pé no passado e outro no futuro".

O primeiro-ministro afirmou que "a Rússia esperava Obama com bons sentimentos" e ressaltou os sinais positivos enviados por Washington desde que o novo presidente assumiu o poder.

"É verdade que temos muitas esperanças na nova Administração americana. Espero que seja uma reunião útil, que sirva para impulsionar o diálogo. Tanto a Rússia, quanto os EUA precisam disso", assegurou.

Putin destacou que se os EUA "paralisassem o desenvolvimento de novos sistemas armamentistas, sistemas antimísseis ou revisasse suas posições sobre ampliações de bloqueios militares, já seria um grande passo".

Também pediu uma mudança na emenda Jackson-Vanik, que mantém em vigor restrições comerciais contra a Rússia desde os tempos da União Soviética.

"Para nós, também é importante saber quais são as medidas que a Administração americana tem em mente para sair da atual crise financeira", disse.

Além disso, insistiu que seu país está interessado "no êxito dos EUA" na superação da atual crise, já que a Rússia "tem uma parte significativa de suas reservas em dólares".

Obama, que se reunirá com Putin na terça-feira em sua primeira visita à Rússia, afirmou às vésperas de sua viagem que o presidente russo, Dmitri Medvedev, entende que é preciso romper os laços com as políticas da Guerra Fria. EFE io/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG