SOCHI, Rússia (Reuters) - O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, afirmou nesta quinta-feira que não há base para uma nova Guerra Fria, dizendo ao Ocidente que não comece uma corrida armamentista na Europa. Hoje não há contradições ideológicas, não há base para uma Guerra Fria, disse Putin a um grupo de repórteres.

'Não há base para animosidade mútua... a Rússia não possui ambições imperialistas.'

Quando perguntado sobre possível conversas de sanções à Rússia, Putin respondeu: 'Isso é um mercado livre? É normal conversar com outros para convencê-los a parar de fazer comércio conosco?'

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.