Putin disposto a abrir mão da arma nuclear se EUA fizerem o mesmo

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, declarou nesta quarta-feira que a Rússia poderia abrir mão da arma nuclear, desde que os Estados Unidos, que a inventaram e a utilizaram, façam o mesmo.

AFP |

"Claro que sim! Para que serve a arma atômica?", respondeu Putin a um jornalista que lhe perguntara se ele conseguia imaginar a Rússia sem seu arsenal nuclear.

"Como se nós fôssemos os responsáveis por sua criação, e por sua utilização! Se os que a inventaram e a utilizaram estiverem dispostos a desistir desta arma, saudaremos esta evolução, e contribuiremos para ela", prosseguiu o primeiro-ministro russo.

Russos e americanos estão envolvidos em negociações sobre o futuro dos acordos START 1 de redução de seus arsenais nucleares, que expiram no fim deste ano.

Quarta-feira, um alto dirigente militar, o general Nikolay Solonov, considerou que a Rússia deveria manter pelo menos 1.500 ogivas nucleares depois do novo acordo de desarmamento que está sendo negociado.

bk/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG