Putin discursará sobre crise financeira e guerra do gás em Davos

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, pronunciará na quarta-feira o discurso de abertura do Fórum de Davos no qual analisará as consequências da crise financeira mundial e poderá evocar a guerra do gás com a Ucrânia, anunciou nesta terça-feira seu conselheiro diplomático.

AFP |

"Vladimir Putin estará pela primeira vez em Davos como principal interventor sobre o tema do mundo pós-crise", indicou Iouri Ouchakov, número dois da administração de Putin, encarregado das relações internacionais, em entrevista á imprensa em Moscou.

Segundo o porta-voz de Putin, Dmitri Peskov, o discurso do primeiro-ministro, que deve começar às 17H30 GMT e durar 30 minutos, dará o tom das discussões em Davos.

"É muito provável que o tema da segurança energética seja evocado no discurso", continuou Peskov, referindo-se à recente guerra do gás entre russos e ucranianos, que deixou a Europa sem gás durante duas semanas.

"É um dos assuntos da atualidade que será ativamente discutido nos corredores", acrescentou Ouchakov.

neo/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG