Putin destinará mais 2,2 bilhões de euros para defesa

Moscou, 1 out (EFE).- O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, anunciou hoje que o Governo destinará outros 80 bilhões de rublos (2,2 bilhões de euros) para o rearmamento do Exército e o desdobramento de tropas no exterior.

EFE |

"Destinaremos um montante adicional de 80 bilhões de rublos para a compra de armamento novo e também para o desdobramento de tropas onde consideramos necessário", assegurou Putin durante uma reunião no Gabinete de ministros.

Putin explicou que parte desse dinheiro será destinado a "compensar as perdas" sofridas pelas Forças Armadas russas na guerra com a Geórgia pelo controle da região separatista da Ossétia do Sul.

Putin anunciou um aumento de 27% da despesa com segurança e defesa em 2009, que chegará a 2,4 trilhões de rublos (70 bilhões de euros).

O presidente russo, Dmitri Medvedev, assegurou recentemente que a Rússia efetuará no manobras militares não só em território de países limítrofes, mas em outras regiões do mundo, como a Venezuela.

O novo programa de rearmamento russo inclui a utilização de mísseis balísticos intercontinentais, submarinos nucleares e aviões estratégicos, conhecida como tríade nuclear, em uma tentativa de manter a paridade nessa matéria com os Estados Unidos. EFE io/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG