Putin descarta volta antecipada à presidência russa

O primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quinta-feira que pretende esperar até 2012 - data das próximas eleições - para decidir se vai ou não concorrer novamente à Presidência do país. A próxima eleição presidencial será realizada em 2012, disse Putin, em um programa de televisão russo em que foi questionado por telespectadores.

BBC Brasil |

"Por enquanto, todos devem cumprir suas obrigações em seus respectivos cargos."

Há uma crescente especulação de que Putin, que já ocupou a Presidência russa por dois mandatos consecutivos, estaria planejando retornar ao cargo em breve.

No mês passado, a Câmara Baixa do Parlamento da Rússia (Duma) aprovou um projeto de lei que estende o mandato presidencial de quatro para seis anos.

Segundo o correspondente da BBC em Moscou, Richard Galpin, a votação do projeto foi apressada e é considerada um sinal de que Putin deve retornar à Presidência russa em breve.

Medvedev e Obama

Putin foi obrigado a deixar a Presidência neste ano, porque a Constituição russa não permite um terceiro mandato consecutivo para o presidente. Ele foi substituído por Dmitry Medvedev, seu aliado, eleito em maio.


Putin: fora da presidência até 2012 / AP

Sobre seu substituto, Putin disse que ambos formam uma dupla muito eficiente. "Nós trabalhamos juntos há muitos anos", afirmou o primeiro-ministro.

Putin também respondeu a uma pergunta de um telespectador sobre as relações da Rússia com os Estados Unidos.

Segundo o primeiro-ministro russo, as relações entre seu país e o governo americano vão melhorar imediatamente caso os sinais positivos dados pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, tornem-se realidade.

Leia mais sobre Putin

    Leia tudo sobre: putin

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG