Putin contrata banda cover do Abba para apresentação privada

Londres, 6 fev (EFE).- Bjorn Again, uma banda britânica de tributo ao lendário grupo sueco Abba, assegurou hoje que, em janeiro, fez uma apresentação privada para Vladimir Putin, apesar de o Kremlin ter negado que o primeiro-ministro russo tenha assistido ao show.

EFE |

Apesar da fama de durão e de ex-espião da KGB, Putin adora as músicas do grupo, "e se divertiu bastante" com a Bjorn Again, afirmou o fundador desse conjunto, Rod Stephen.

O líder russo chegou a dançar ao ritmo de algumas canções, entre elas clássicos como "Dancing Queen" ou "Waterloo", e inclusive disse "bravo" ao quarteto, segundo Stephen.

A banda tocou em 22 de janeiro em um "teatro muito pequeno" às margens do lago Valdai, cerca de 320 quilômetros ao norte de Moscou, após receber uma ligação de alguém que se apresentou com um "Olá, aqui é o Kremlin de Moscou".

"Recebemos a ligação para ir para lá há cerca de um ano, e pensamos que fosse uma piada", afirmou Stephen. Ele explicou que a banda recebeu pelo show 20 mil libras (US$ 29.800).

O espetáculo durou uma hora e, aparentemente, o líder russo gostou particularmente de duas músicas conhecidas, "Mamma Mia" e "Super Trouper".

Em Moscou, o porta-voz de Putin, Dmitri Peskov, negou que o premiê tenha assistido a um show semelhante. EFE pa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG