Putin chega ao Japão para assinar acordos energéticos e comerciais

Tóquio, 11 mai (EFE).- O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, chegou hoje ao Japão para uma visita de três dias na qual assinará acordos energéticos e comerciais e falará da disputa territorial sobre as ilhas Curilas, sob soberania russa.

EFE |

Putin, que começará suas atividades no Japão amanhã se reunirá com o primeiro-ministro japonês, Taro Aso, com quem também falará sobre o conflito com Coreia do Norte, a crise econômica e a expansão da gripe suína.

Moscou antecipou que não fará concessões, mas o Japão pressionará para um compromisso sobre a hipotética transferência da soberania das ilhas Curilas mais próximas a seu território, ocupadas pela União Soviética após o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), segundo a agência japonesa "Kyodo".

Aso deve reiterar a Putin a posição de Tóquio, segundo a qual não concluirá um tratado de paz com a Rússia, pendente após o fim da Segunda Guerra Mundial, a menos que reconheça que as quatro ilhas mais ao sul do arquipélago pertencem ao Japão.

O Japão reivindica a devolução, mas a única concessão da Rússia foi feita por Putin quando ele era presidente, ao se comprometer a devolver duas das ilhas reivindicadas pelo Japão, após a assinatura de um tratado de paz, algo que Tóquio rejeitou.

A delegação russa, que inclui ministros, governadores regionais e empresários, assinará amanhã seis acordos comerciais e de cooperação energética, entre eles um para trocas em matéria de energia nuclear.

EFE jmr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG