Punho fraturado do papa evolui bem, segundo exames

Cidade do Vaticano, 25 jul (EFE).- A fratura no punho que o papa Bento XVI sofreu em 17 de julho evolui favoravelmente, segundo os resultados do exame médico a que ele se submeteu hoje, informou o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

EFE |

"A visita médica começou por volta das 11h40 (6h40 de Brasília), durou cerca de meia hora e os resultados foram ótimos. O exame clínico mostrou que (a lesão) evolui favoravelmente, como estava previsto", disse Lombardi.

A fratura do papa foi avaliada numa sala aprontada especialmente para a ocasião perto da residência de Les Combes, no Vale de Aosta, onde Bento XVI passa férias.

Da avaliação, participaram o médico pessoal do papa, Patrizio Polisca; Franco Berti, outro médico do Vaticano, e Manuel Mancini, o encarregado de operar a fratura do pontífice, que há pouco mais de uma semana sofreu uma queda em Les Combes. EFE ebp/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG