Psiquiatra passa um ano fazendo cérebro de tricô

A psiquiatra americana Karen Norberg passou um ano usando seu tempo livre para fazer um cérebro de tricô. Norberg trabalha no Bureau Nacional de Pesquisas Econômicas, em Cambridge, no Estado do Massachusetts, e decidiu tricotar um modelo de cérebro depois de passar muitos anos estudando sobre o órgão humano.

BBC Brasil |

"O trabalho me pareceu ambicioso, complexo e esquisito", disse Norberg em entrevista à BBC Brasil.

O cérebro tricotado pela psiquiatra é quase duas vezes maior do que o tamanho médio do cérebro humano.

Ela conta que precisou tricotar cada parte do cérebro separadamente - o cerebelo, hipotálamo, etc - e depois juntar os pedaços para formar o órgão completo.

O cérebro de tricô de Norberg está em exposição do Museu da Ciência em Boston.

Segundo ela, o trabalho tem sido bem recebido pelo público e por especialistas.

"A resposta tem sido maravilhosa. Tenho recebido emails de artesãos e neurocientistas. Algumas pessoas me pediram dicas para poderem reproduzir o mesmo modelo em tricô", disse ela à BBC Brasil.

Depois do cérebro, a psiquiatra já pensa em outros projetos artesanais.

"Estou fazendo uma colcha de retalhos representando alguns dos principais neurotransmissores e partes do sistema neuro-hormonal", afirmou.

"Quero impressionar e inspirar as pessoas", concluiu.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG