Próximo governo chileno avalia opções de recuperação pós-tremor

SANTIAGO (Reuters) - O próximo governo do Chile estuda diferentes cenários de recuperação da economia depois do terremoto que abalou o país na madrugada de sábado, disse à Reuters o ministro indicado para a Fazenda, Felipe Larraín. O ministro do governo eleito, que assume no dia 11 de março, negou-se a comentar sobre as perspectivas da economia depois da tragédia e disse que não poderia comentar se as opções de recuperação incluiriam emissão de bônus ou uso de recursos do cobre. O Chile é o maior produtor mundial de cobre.

Reuters |

"Estamos analisando diferentes opções, porque estamos na etapa de planejamento", disse.

O terremoto, de magnitude 8,8, deixou cerca de 800 mortos.

(Por Simon Gardner)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG