Protestos obrigam Governo peruano a decretar estado de emergência em Tacna

Lima, 4 nov (EFE).- O Governo do Peru decretou hoje estado de emergência na região de Tacna (sul), agitada nos últimos dias por confrontos entre a Polícia e manifestantes que protestam contra uma modificação na lei sobre os tributos pagos pelas mineradoras que exploram recursos na região.

EFE |

A decisão foi anunciada pelo primeiro-ministro do país, Yehude Simon, que disse que a medida vai vigorar por 30 dias e tem como objetivo resguardar a ordem pública e fazer frente a uma tentativa de desestabilizar o país a poucos dias da realização em Lima de uma cúpula dos líderes da Associação de Cooperação Econômica da Ásia do Pacífico (Apec). EFE dub/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG