Protestos de segunda-feira em Teerã terminaram com sete civis mortos

Sete civis morreram na segunda-feira no ataque a um posto militar perto dos protestos em Teerã contra a reeleição do presidente Mahmud Ahmadinejad, anunciou a rádio oficial Payam.

AFP |

"Várias pessoas queriam atacar um posto militar e destruir os equipamentos públicos perto da praça Azadi. Infelizmente, sete pessoas morreram e muitas ficaram feridas", afirmou a emissora.

Na segunda-feira à noite o balanço era de um morto, depois que os manifestantes atacaram a base de uma milícia islâmica ('basikh') e seus ocupantes abriram fogo.

O serviço de medicina legal, ligado ao ministério da Justiça, no entanto, informou não ter registrado nenhum falecimento.

O protesto em apoio a Mir Hosein Mussavi, o candidato moderado à presidência iraniana que denuncia fraudes na reeleição do ultraconservador Ahmadinejad, aconteceu em calma durante a tarde na avenida Azadi.

pcl/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG