Paris, 4 fev (EFE).- Cerca de dez mil pessoas, segundo cálculos da Polícia, protestaram hoje no centro de Paris contra a ofensiva militar do Governo cingalês contra a guerrilha tâmil no norte do Sri Lanka.

No dia dos 61 anos da independência desse país, manifestantes vestindo camisas com mensagens a favor do fim do genocídio e segurando bandeiras vermelhas e cartazes com as imagens do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e da chanceler alemã, Angela Merkel, tomaram as ruas da capital francesa.

A manifestação foi a segunda realizada em Paris esta semana desde o início da ofensiva do Governo cingalês.

Também hoje, milhares de pessoas se reuniram em frente à sede europeia das Nações Unidas em Genebra reivindicando a intervenção da ONU no conflito.

A ONU denunciou nesta quarta a morte de 52 civis nos combates travados dentro da violenta ofensiva do Exército do Sri Lanka contra a guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE). EFE pi/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.