Belgrado, 25 mar (EFE).- Sete pessoas ficaram feridas e 28 foram detidas em enfrentamentos entre a Polícia e um grupo de jovens ontem à noite em Belgrado, durante uma manifestação ultranacionalista em virtude do décimo aniversário do bombardeio da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) contra a Sérvia.

Segundo informa hoje a imprensa local, centenas de manifestantes se reuniram em uma praça do centro de Belgrado aos gritos de "Queremos armas" e "Abaixo Governo títere", em referência às autoridades sérvias pró-europeístas.

Mais tarde, vários grupos de manifestantes agrediram policiais e dois câmeras de duas televisões locais que cobriam a manifestação foram atacados.

A Sérvia lembrou ontem o décimo aniversário do bombardeio da Otan com um minuto de silêncio e uma série de atos em memória das mais de três mil vítimas do ataque vítimas.

A Otan realizou uma campanha de bombardeios contra a Sérvia de 24 de março a 10 de junho de 1999, pela política de repressão do então líder autoritário sérvio Slobodan Milosevic no Kosovo. EFE Sn/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.