Protesto por soberania sobre as Malvinas acaba em confronto na Argentina

Buenos Aires, 10 mar (EFE).- Ativistas de esquerda da Argentina se enfrentaram hoje com a Polícia a poucos metros da embaixada do Reino Unido em Buenos Aires, à qual se dirigiram para reivindicar que o país europeu devolva a soberania das ilhas Malvinas (Falklands).

EFE |

O protesto foi liderado por integrantes das organizações "Quebracho" e "Movimento Santucho", que chegaram até a sede diplomática encapuzados e carregando pedaços de pau. Os manifestantes também queimaram uma bandeira do Reino Unido.

A tensão entre Argentina e Reino Unido ganhou força nas últimas semanas com o início das atividades de prospecção petrolífera no arquipélago por parte de empresas de capital britânico.

A Argentina apresentou suas queixas à ONU e inclusive pediu à secretária de Estado americano, Hillary Clinton, para que incentive um diálogo entre os dois países sobre a soberania das ilhas.

O Governo da Argentina considera que a prospecção petrolífera viola sua soberania sobre as Malvinas e as águas em seu entorno, e impôs restrições aos navios que partem de terra firme rumo às ilhas.

EFE cw/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG