Protesto de mutuários termina com feridos no Chile

VALPARAÍSO - Incidentes entre manifestantes e a polícia foram registrados nas proximidades do Congresso chileno no porto vizinho de Valparaíso, num momento em que a presidente Michelle Bachelet entregava seu relatório de gastos públicos. Duas pessoas ficaram feridas e dez foram detidas, segundo um informe policial.

AFP |

O confronto começou quando um grupo de mutuários protestava exigindo do governo mediação com os bancos privados para facilitar o saldo de seus débitos, enquanto professores exigiam o pagamento imediato de um abono.

Reuters
Manifestante é atingido por jato de água durante protesto em Valparaíso

Os manifestantes tentaram aproximar-se da sede do Congresso, mas foram dispersados pela polícia com jatos d'água e granadas de gás lacrimogêneo, quando estavam na chamada Praça Itália, ponto principal de reunião de militância.

Reuters
Mutuários são dispersados por jato d'água durante protesto


Segundo a polícia, havia 1.000 manifestantes.

Este ano, a presidente socialista Michelle Bachelet entregou a sua quarta e última conta pública.

Leia mais sobre: protesto

    Leia tudo sobre: chileprotesto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG