Protesto de judeus ultra-ortodoxos deixa 4 feridos em Jerusalém

Jerusalém, 29 ago (EFE).- Três policiais e uma mulher ficaram feridos hoje, em distúrbios protagonizados por grupos de judeus ultra-ortodoxos que protestaram em Jerusalém contra a abertura de um estacionamento durante o Shabat (sábado), dia de descanso obrigatório na tradição judia, informaram porta-vozes policiais.

EFE |

Os incidentes começaram quando moradores do bairro ultra-ortodoxo de Mea Shearim lançaram pedras e pedaços de vidro contra uma mulher que dirigia um carro e que foi atendida com ferimentos leves.

Pouco depois, grupos de ultra-ortodoxos se reuniram em frente ao estacionamento de Karta, que, há dois meses, a Prefeitura de Jerusalém tinha decidido manter aberto também durante o Shabat.

Nos enfrentamentos entre os manifestantes e as forças de segurança, três policiais ficaram levemente feridos e seis judeus ultra-ortodoxos foram detidos. EFE amg/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG