Protesto da oposição termina com dois mortos em Madagascar

Duas pessoas foram mortas a tiros na quarta-feira na região central de Madagascar, quando as forças oficiais dispersavam um protesto da oposição na cidade de Ambositra, que fica 200 km ao sul da capital Antananarivo.

AFP |

A dispersão deixou três policiais e seis manifestantes feridos.

O líder da oposição e prefeito destituído de Antananarivo, Andry Rajoelina, convocou uma greve geral em todo o país, que até o momento não teve muita adesão.

Pelo menos 100 pessoas morreram em Madagascar desde 26 de janeiro, quando a violência explodiu entre o presidente Marc Ravalomanana e Andry Rajoelina.

gp-lp/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG