Milhares de pessoas protestaram neste sábado, nos Estados Unidos, contra a nova lei migratória adotada no Arizona, que aumenta a repressão sobre os imigrantes ilegais." /

Milhares de pessoas protestaram neste sábado, nos Estados Unidos, contra a nova lei migratória adotada no Arizona, que aumenta a repressão sobre os imigrantes ilegais." /

Protesto contra lei migratória reúne milhares nos EUA

Milhares de pessoas protestaram neste sábado, nos Estados Unidos, contra a nova lei migratória adotada no Arizona, que aumenta a repressão sobre os imigrantes ilegais.

AFP |

Milhares de pessoas protestaram neste sábado, nos Estados Unidos, contra a nova lei migratória adotada no Arizona, que aumenta a repressão sobre os imigrantes ilegais.

Ao menos 60 mil pessoas ocuparam as ruas de Los Angeles para rejeitar a nova legislação do Arizona e pedir a reformulação das leis sobre a imigração nos Estados Unidos.

A cantora Gloria Estefan e o prefeito de Los Angeles, Antonio Villaraigosa, participaram do protesto e discursaram para a multidão, que gritou frases como "Vergonha para Arizona" e "Todos os homens nascem iguais".

O Arizona ampliou a repressão à imigração ilegal autorizando a polícia a confirmar a situação migratória das pessoas no Estado com base em suspeitas razoáveis.

Em Phoenix, cerca de mil imigrantes - legais e ilegais - protestaram diante da sede do governo do Arizona.

"Estou aqui há cinco anos. Nasci no estado de Chihahua (México) mas sempre vivi aqui. Me fazer isto agora é uma injustiça", declarou Adriana, 22 anos, que vive ilegalmente no Arizona.

"Tenho 30 anos aqui, sou cidadã americana, mas vim para apoiar minha gente, porque também fui ilegal quando cheguei da Nicarágua", explicou Violeta Ugarte, uma enfermeira de 53 anos.

Mas ao contrário dos protestos de 23 de abril passado, que acabaram com várias detenções, a manifestação de hoje foi tranquila e em ordem.

Ao menos 460 mil imigrantes ilegais vivem no Arizona, segundo cálculos oficiais sobre este estado vizinho ao México.

No total, mais de 70 passeatas foram convocadas para este sábado, em todo território americano, para protestar contra a nova legislação do Arizona e pedir uma nova lei de imigração nos EUA.

jz/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG