Protesto contra golpe de Estado na Mauritânia deixa deputada ferida

Nuakchott, 13 ago (EFE).- Uma deputada ficou ferida hoje em Nuakchott depois que a Polícia mauritana dispersou com gás lacrimogêneo uma manifestação de mulheres contrárias ao golpe de Estado que, em 6 de agosto, depôs o presidente do país, Sidi Mohammed Ould Cheikh Abdalahi.

EFE |

O protesto, que reuniu cerca de 200 pessoas, foi organizado por integrantes da Frente Nacional de Defesa da Democracia, composto por quatro partidos políticos opostos ao levantamento militar que colocou o general Mohammed Ould Abdelaziz no poder.

"Os manifestantes tinham se reunido diante da Assembléia Nacional (câmara baixa do Parlamento) e eu estava saindo desse edifício com companheiros quando uma granada de gás lacrimogêneo caiu perto de mim", disse à Agência Efe a deputada Aichetou Mint Amar, partidária do presidente deposto. EFE mo/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG