Protesto contra devolução à China atrai milhares em Hong Kong

Pequim, 1º jul (EFE).- Dezenas de milhares de pessoas aproveitaram o 12º aniversário da devolução da ilha de Hong Konk à China para pedir mais democracia no território, informou a Rádio Televisão de Hong Kong (RTHK).

EFE |

O protesto virou tradição em 1997, quando Hong Kong foi devolvida à China após passar 156 anos como colônia britânica.

A manifestação de hoje começou no Parque Vitória e terminou em frente à sede do Governo da região administrativa especial. Segundo a Polícia, 26 mil pessoas se uniram ao protesto. Mas, de acordo com os organizadores, cerca de 100 mil hongkoneses marcharam pelas ruas do território.

Os manifestantes, que se protegiam do sol com guarda-chuvas, pediam "poder para o povo" e uma democracia completa, já que, segundo alegavam, a população local perdeu direitos desde que a ex-colônia foi devolvida à China.

Os hongkoneses também reclamaram da resposta que o chefe do Executivo da ex-colônia, Donald Tsang, vem dando à crise financeira internacional.

"A forma como o Governo conduziu alguns problemas no último ano aumentou o insatisfação entre muitas pessoas", disse um dos manifestantes à imprensa local. EFE mz/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG