Protesto contra a Geórgia em base russa na Ucrânia

Cerca de 800 pessoas se manifestaram nesta quinta-feira na cidade ucraniana de Sebastopol (sul), que serve de base à Frota russa do Mar Negro, para apoiar a Rússia e condenar a Geórgia, protagonistas de um conflito armado, constatou um jornalista da AFP.

AFP |

"Vergonha para Yushchenko!", "Vergonha para Saakashvili!", clamaram os manifestantes, essencialmente jovens, convocados pelas forças pró-russas hostis aos presidentes da Ucrânia, Viktor Yushchenko, e da Geórgia, Mikhail Saakashvili.

"Yushchenko e Saakashvili são agressores", podia-se ler em cartazes erguidos pelos manifestantes.

No dia 7 de agosto, a Geórgia lançou uma ofensiva contra a república separatista georgiana da Ossétia do Sul, apoiada por Moscou, o que provocou já no dia seguinte uma retaliação russa.

Os manifestantes também denunciaram a posição de Kiev, que apóia a Geórgia e impôs restrições aos movimentos da Frota russa do Mar Negro, que participa do conflito armado. Eles pediram às autoridades ucranianas que "suspendam todas as atividades dirigidas contra a Frota russa".

Os manifestantes conclamaram Moscou a reconhecer a independência da Ossétia do Sul e da Abkházia, outro território separatista georgiano.

ol/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG