Protesto com mais de 7 mil deixa 3 feridos na Grécia

Atenas, 18 dez (EFE).- Uma manifestação de estudantes em Atenas, na qual participaram cerca de sete mil pessoas, gerou hoje novos distúrbios que deixaram pelo menos três feridos e vários veículos incendiados, em um novo dia de protestos pela morte de um adolescente pela Polícia no último dia 6.

EFE |

Segundo a rede de televisão "NET", os enfrentamentos começaram nas cercanias do Parlamento grego, quando dezenas de radicais atacaram com bombas incendiárias e pedras os agentes antidistúrbios.

Os policiais responderam com gás lacrimogêneo e os mais violentos fugiram para se refugiar na Faculdade de Direito, de onde lançaram pedras e coquetéis molotov na Polícia.

O canal de TV "Antena" informou que três pessoas foram levadas a um hospital local com problemas respiratórios devido à inalação de gases.

Esse canal também mostrou imagens de policiais feridos por pedras lançadas por radicais, assim como seus esforços para proteger a nova árvore do Natal instalada pela Prefeitura.

A manifestação que derivou nos distúrbios fazia parte de uma convocação de sindicatos e organizações estudantis em protesto pela morte do adolescente Alexis Grigoropulos, de 15 anos, vítima de um tiro de um policial. EFE afb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG