Pró-russos protestam contra manobras da Otan na Ucrânia

Cerca de 200 manifestantes pró-russos tentaram interromper manobras da Otan na Criméia, no sul da Ucrânia, atirando pedras e garrafas dágua nos militares durante um protesto, informou a polícia local à AFP.

AFP |

O incidente aconteceu à beira do lago Donuzlav, no oeste da Criméia, onde 16 blindados chegaram para participar destas manobras ucraniano-americanas, especificou à AFP Olexander Dombrovski, porta-voz da polícia local.

Convocados pelas forças pró-russas, principalmente comunistas, os manifestantes lançaram pedras e garrafas d'água nos militares, que responderam atirando para o alto.

Os manifestantes conseguiram bloquear brevemente três blindados, subindo em cima deles, segundo imagens transmitidas pelo canal de TV Kanal 5.

Dois manifestantes, entre eles um deputado comunista, foram levemente feridos durante enfrentamentos com a polícia, segundo Kamal 5.

"Ninguém foi preso, nem hospitalizado. Os policiais não foram violentos", afirmou Dombrovski.

Organizadas por Kiev e Washington, as manobras Sea Breeze 2008, das quais também participam vários outros países, devem durar até sábado.

Na semana passada, o ministério russo das Relações Exteriores expressou sua "preocupação" com estas manobras, acusando indiretamente Washington de "ingerência paternalista" na região do Mar Negro.

ant/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG