The Miami Herald demitirá 1.400 funcionários - Mundo - iG" /

Proprietária do The Miami Herald demitirá 1.400 funcionários

(acrescenta comunicado da empresa com detalhes sobre outros despedidos) Miami, 16 jun (EFE) - A empresa americana McClatchy, proprietária do jornal The Miami Herald e de outros 20 periódicos, anunciou hoje a eliminação de 1.400 postos de trabalho, como parte de um plano de contenção de gastos e pela redução do faturamento com publicidade.

EFE |

Gary Pruitt, diretor-executivo da McClatchy, disse em nota que os efeitos da atual desaceleração da economia americana, em especial na publicidade de bens imobiliários, veículos e empregos, requerem que a empresa se movimente de forma rápida para reestruturar sua força de trabalho e tornar suas operações mais eficientes.

Espera-se que as iminentes medidas de redução de elenco representem para a empresa uma economia de entre US$ 95 milhões e US# 100 milhões nos próximos quatro trimestres.

Os planos de reestruturação têm como objetivo "respaldar nossa missão de entregar notícias e informação da máxima qualidade", acrescentou.

A empresa americana é a terceira maior companhia de periódicos do país, com 30 jornais.

"McClatchy está comprometido a manter como uma companhia saudável, com lucro e posicionada não só para enfrentar os desafios atuais, mas se aproveitar das oportunidades para o crescimento", indicou Pruitt.

O jornal "The Miami Herald" anunciou hoje a demissão de cerca de 250 funcionários, em um plano de corte de gastos que pretende reduzir em 17% seu elenco para enfrentar a redução de receitas causada pela crise no setor.

David Landsberg, presidente da Miami Herald Media, assinalou que os cortes de pessoal se devem à drástica redução nos lucros da empresa.

"Este é um passo doloroso, mas necessário", escreveu Landsberg, em um e-mail aos funcionários, no qual lembrou que este é um tempo "de grandes mudanças e desafios" para as operações da empresa.

Landsberg assinalou que alguns empregados receberão indenizações pelas demissões.

"Agora, enfrentamos a dolorosa realidade de ter que prescindir de empregados e colegas, muitos dos quais serviram à companhia durante muitos anos", disse.

Em 2001, o "Miami Herald" fez um corte que representou a demissão de 10% de sua força de trabalho, que, então, era superior aos 1.600 empregados.

O plano de cortes anunciado pela McClatchy coincide com as reduções em outros jornais, como o "The New York Times" e o "The Washington Post", para enfrentar os problemas de queda de receitas publicitárias e aumento de custos. EFE emi/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG