Propaganda de supermercado israelense parodia imagens de assassinato em Dubai

Uma rede de supermercados israelense produziu uma propaganda de televisão com uma paródia das imagens dos supostos assassinos de um líder do Hamas em Dubai, flagradas pelo circuito fechado de vídeo de um hotel.

BBC Brasil |

Na propaganda da rede de supermercados Mahsanei Kimat Hinam, imagens granuladas como as das vídeos de segurança mostram atores usando disfarces sofisticados.

Os clientes disfarçados, no anúncio, caminham pelos corredores do supermercado e uma cliente, usando um chapéu de abas largas afirma: "não posso admitir nada". O slogan repetido ao fim do comercial afirma: "Nós oferecemos preços matadores".


Comercial faz paródia com imagens de supostos agentes do Mossad,
serviço secretor de Israel, que mataram líder do Hamas em Dubai / AP

No dia 20 de janeiro, um grupo de dez homens e uma mulher teria assassinado o líder do grupo islâmico Hamas, Mahmud al-Mabhuh, em um quarto de hotel em Dubai. A polícia de Dubai afirmou que eles teriam apresentado passaportes falsos e cogitou o envolvimento do Mossad no assassinato, o que foi negado pelo governo israelense.

A polícia também divulgou imagens das câmeras de segurança que mostraria os assassinos de al-Mabhuh. Alguns vestiam roupas para a prática de tênis e seguiam o líder do Hamas pelo hotel.

O executivo de propaganda Sefi Shaked afirmou que a campanha foi mesmo inspirada por estas imagens. "Ficamos fascinados pela técnica de usar câmeras de vigilância em vez de câmeras mais sofisticadas, e os últimos acontecimentos em Dubai nos deram uma grande oportunidade", afirmou.

"É uma paródia, uma caricatura do que aconteceu em Dubai. Todos os programas de humor da televisão israelense fizeram isto, então por que nós também não poderíamos?", acrescentou.

Leia mais sobre Israel

    Leia tudo sobre: hamas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG