Promotoria realiza busca em casa de ex-presidente da Porsche

Frankfurt (Alemanha), 24 ago (EFE).- A Promotoria de Stuttgart (oeste da Alemanha) realizou uma busca na casa do recém destituído executivo-chefe da fabricante de veículos esportivos Porsche, Wendelin Wiedeking, por suspeitar do seu envolvimento na manipulação da cotação das ações da Volkswagen (VW).

EFE |

O semanário "Der Spiegel" informou em sua última edição que a Promotoria também examinou o domicílio do antigo diretor de Finanças de Porsche Holger Härter.

As autoridades judiciais prosseguem as investigações contra a Porsche, desde o início de agosto, depois que as autoridades de supervisão da bolsa e financeira BaFin apresentassem uma denúncia.

A Porsche teria supostamente manipulado a cotação das ações da Volkswagen no começo de 2009 a um determinado nível, para evitar oscilações perigosas e indesejadas com ajuda do banco Maple Bank, que também é investigado.

As ações ordinárias de VW se valorizaram com força em outubro do ano passado, até chegar a alcançar mais de 1.000 euros ($1.424 no câmbio atual), o que fez com que VW tivesse um valor de mercado de 300 bilhões de euros ($427,168 bilhões) sendo a sociedade em ações mais cara do mundo.

A Promotoria também investiga neste caso a possível entrega de informação privilegiada.

Härter teria supostamente divulgado informação restringida ao dizer ao presidente do grupo parlamentar social-democrata (SPD) no Parlamento de Stuttgart, Claus Schmiedel, que Porsche conseguiria com isso um lucro operacional de 700 a 800 milhões de euros (entre $1,003 e $1,147 bilhões) e, no ano seguinte, de mais de 1 bilhão de euros ($1,433 bilhões).

Schmiedel tornou públicos os números em uma entrevista ao jornal "Stuttgarter Nachrichten".

A menção de previsões de lucros é algo que as empresas estão obrigadas a comunicar quando estas possam influir na cotação das ações.

Por sua parte, Porsche rejeitou as acusações e considera que não tem qualquer fundamento. EFE aia/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG