garoto do balão - Mundo - iG" /

Promotoria quer prisão para pais de garoto do balão

A promotoria pública do Estado norte-americano do Colorado pediu hoje a pena máxima contra o pai que orquestrou o boato segundo o qual seu filho de seis anos estaria a bordo de um balão desgovernado. A promotoria acusa Richard Heene de ter empenhado muita energia e muito dinheiro em busca de publicidade e quer que ele passe 90 dias atrás das grades.

Agência Estado |

Para a acusação, é preciso passar a outras pessoas com o mesmo objetivo a mensagem de que elas serão punidas se montarem fraudes como essa. Mayumi, a esposa de Richard, corre o risco de passar 60 dias na cadeia.

Richard Heene e sua esposa se declararam culpados de terem levado adiante a farsa de que o filho de seis anos estava a bordo de um balão desgovernado, em outubro passado. A intenção deles era promover um "reality show" do qual participariam. A viagem do balão foi acompanhada com comoção nos Estados Unidos e no mundo até a queda do objeto, quando foi então revelado que não havia ninguém a bordo - o garoto foi encontrado no sótão de sua casa. O advogado de Richard Heene acredita que seu cliente conseguirá escapar da pena de reclusão.

    Leia tudo sobre: eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG