Promotoria de Nova York pede prisão de Madoff

A promotoria de Nova York pediu nesta segunda-feira a prisão de Bernard Madoff, acusado de dar um golpe de 50 bilhões de dólares em investidores de todo o mundo.

AFP |

O promotor encarregado do caso afirma que Madoff e sua esposa Ruth enviaram relógios, jóias e outros objetos de valor para parentes e amigos, o que viola as condições da liberdade sob fiança.

Segundo o Wall Street Journal, o juiz federal que decidirá sobre a prisão ou não de Madoff pediu mais informações do promotor, que deve entregá-las até a tarde da próxima quinta-feira.

O advogado de Madoff, Ira Sorkin, declarou ao tribunal que o envio dos objetos ocorreu de forma "inocente" e que não tem relação com a fiança que garantiu a liberdade de seu cliente.

Bernard Madoff, de 70 anos, foi detido em 11 de dezembro passado, após desmoronar sua pirâmide financeira de 50 bilhões de dólares, que envolvia bancos, investidores particulares, universidades e até organizações judaicas de caridade.

afp/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG