Los Angeles (EUA), 5 fev (EFE).- A Promotoria de Los Angeles confirmou hoje que levará na segunda-feira perante os tribunais o caso da morte de Michael Jackson, no qual se prevê que seu médico pessoal, Conrad Murray, acabará sendo acusado, de acordo com um comunicado.

EFE fmx/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.