Promotor-chefe do TPI diz que ordem contra Bashir não tem caráter político

Nações Unidas, 17 jul (EFE).- O promotor-chefe do Tribunal Penal Internacional (TPI), Luis Moreno Ocampo, afirmou hoje que sua ordem de detenção contra o presidente do Sudão, Omar Hassan Ahmad al-Bashir não tem caráter político, e que a emitiu quando tinha todas as evidências.

EFE |

"Mantenho minha independência, sem atender a fatores políticos", afirmou hoje Ocampo durante uma entrevista coletiva na sede das Nações Unidas em Nova York, onde assiste à comemoração do 10º aniversário do TPI.

Além disso, ressaltou que o caso de Darfur chegou em 2005 "referido pelo Conselho de Segurança" e que, após investigar o caso, emitiu na segunda-feira uma ordem de detenção internacional contra o presidente do Sudão. EFE emm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG