Promoção profissional pode fazer mal à saúde, dizem cientistas

Ser promovido no trabalho pode tornar-se ruim para a saúde, deixando, na maioria das vezes, ao felizardo escolhido, menos tempo para ir ao médico, afirmaram cientistas britânicos em estudo recente.

AFP |

Pesquisadores em economia e psicologia da Universidade de Warwick (centro da Grã-Bretanha) observaram que a promoção profissional causa mais estresse em 10% dos casos, e reduz em 20% o tempo dedicado a visitas aos médicos.

A equipe trabalhava com a hipótese de que uma melhora do status profissional acarretaria melhora na saúde, em consequência de uma autoestima mais elevada.

Com dados recolhidos na Grã-Bretanha junto a mil indivíduos promovidos em seu trabalho entre 1991 e 2005, os cientistas não constataram uma condição mais favorável. Observaram, ao contrário, uma maior pressão psicológica entre seus entrevistados.

"Obter uma promoção no trabalho não é tão formidável assim como imaginávamos. Nossas pesquisas mostraram que a saúde mental dos executivos se deteriora após uma promoção, e que isso vai além do curto prazo", segundo Chris Boyce, que participou do estudo.

"Não há sinais de melhora da saúde, além de uma redução das consultas médicas, o que talvez seja um motivo para se preocupar mais em vez de felicitar", destacou Boyce.

gj/lm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG