Projeto resgata navios afundados nos últimos 350 anos no Tâmisa

LONDRES - Um projeto conduzido no estuário do rio Tâmisa, no sul da Grã-Bretanha, resgatou restos de sete navios afundados nos últimos 350 anos.

BBC Brasil |

A "operação de salvamento", realizada pela Autoridade Portuária de Londres e por um centro arqueológico na região de Wessex, no sudoeste britânico, durou quatro meses e contou com 12 mergulhadores. Munidos de câmeras, eles conseguiram encontrar as ruínas em meio a visibilidade perto de zero.

O projeto foi filmado por uma produtora e deu origem ao documentário Thames Shipwrecks: A Race Against Time ("Restos de Navios do Tâmisa: Uma Corrida contra o Tempo, em tradução literal), que está sendo transmitido em duas partes pelo Canal de TV BBC 2 na Grã-Bretanha.

O programa mostra como os mergulhadores conseguiram identificar e trazer à superfície partes de embarcações como o HMS London, que naufragou em 1665, matando 300 pessoas.

Os restos da embarcação, os mais antigos resgatados pela equipe, são tão significativos que a Autoridade Portuária de Londres está desviando o curso de navegação na área do naufrágio para não danificar as ferragens.

O HMS London teria afundado após explodir acidentalmente. Acredita-se que um dos marinheiros tenha levado uma vela para a parte de baixo do navio, o que provocou um incêndio.

Garrafa personalizada

Os sete navios localizados no leito do Tâmisa são apenas uma ínfima amostra das mais de mil embarcações que afundaram em todo o curso do rio, que tem 346 km de extensão.

Entre as relíquias encontradas nas ruínas estão xícaras, pratos, sapatos de couros ainda bem preservados, um raro mastro de aço e uma garrafa de gim personalizada.

A garrafa foi encontrada nos restos de uma embarcação até então desconhecida, identificada como "5051", afundada em 1862. No recipiente é possível ler: "Mr. White, proprietário do Crown and Anchor, Woolwich".

A primeira parte do documentário foi ao ar na terça-feira na BBC 2, e a segunda parte será transmitida na próxima semana.

Leia mais sobre Tâmisa

    Leia tudo sobre: bbcinglaterralondres

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG