Bogotá, 2 jul (EFE).- O ministro de Interior e Justiça da Colômbia, Fabio Valencia Cossio, anunciou hoje que o Governo apresentará em 20 de julho um projeto legislativo para convocar um referendo para a revalidação das eleições de 2006, nas quais foi reeleito o presidente Álvaro Uribe.

Valencia Cossio declarou aos jornalistas que não serão convocadas sessões extraordinárias do Congresso, que está em recesso até 20 de julho, para a tramitação do projeto.

A decisão de propor um referendo foi anunciada na semana passada pelo presidente Uribe, depois que a Corte Suprema de Justiça afirmou que houve irregularidades no processo para a reforma da Constituição em 2005.

A reforma permitiu que Uribe, eleito em 2002 para um mandato de quatro anos, pudesse ser reeleito em 2006 para um segundo mandato.

O ministro Valencia Cossio explicou que o referendo deve ser convocado dentro dos primeiros quatro meses do próximo ano.

"Estamos com uma comissão de especialistas constitucionalistas olhando toda a elaboração do projeto, e sua justificativa. Levaremos o tempo que for necessário. Em 20 de julho, será conhecido o texto", disse. EFE gta/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.