Sadr cancela protesto de amanhã em Bagdáhttp://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2008/03/19/especial_cinco_anos_da_guerra_do_iraque_1235249.html Veja o especial cinco anos da guerra no Iraque" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Progressos no Iraque são frágeis e reversíveis, diz general Petraeus

O general David Petraeus, o oficial americano de maior patente no Iraque, disse nesta terça-feira, durante uma audiência ante o Senado americano, que os progressos na segurança do Iraque desde 2007 são frágeis e reversíveis. http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2008/04/08/sadr_cancela_protesto_de_amanha_em_bagda_contra_tropas_estrangeiras_1263157.htmlSadr cancela protesto de amanhã em Bagdáhttp://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2008/03/19/especial_cinco_anos_da_guerra_do_iraque_1235249.html Veja o especial cinco anos da guerra no Iraque

AFP |

Petraeus também recomendou congelar por 45 dias, a partir de julho, a retirada das tropas americanas do Iraque.

"Recomendo a minha cadeia de comando que continuemos com a retirada das brigadas de combate enviadas de reforço e que, ao término da retirada da última dessas cinco brigadas em julho, comecemos um período de 45 dias de avaliação e consolidação", afirmou Petraeus.

"Ao fim deste período, iniciaremos um exame das condições sobre o terreno, a fim de determinar nesse momento se podemos recomendar novas reduções", acrescentou.

Ele avaliou ainda que a ofensiva do Exército iraquiano contra as milícias xiitas de Basra, no sul do país, no mês passado "não foi preparada de maneira adequada". Petraeus disse que os planos iraquianos só foram revelados três dias antes do lançamento da ofensiva.

"Poderia ter sido melhor planejada. Não foi adequadamente preparada", afirmou o general ante a comissão das Forças Armadas do Senado americano.

As tropas atualmente mobilizadas no Iraque chegam a 158 mil homens. Até julho, o número deve cair para 140 mil soldados.

Combates matam 12

Nesta terça-feira, pelo menos 12 pessoas morreram em combates entre as tropas americanas e iraquianas contra milicianos xiitas de Moqtada Al-Sadr no subúrbio de Sadr City em Bagdá. Segundo fontes médicas, pelo menos 36 pessoas ficaram feridas.

No total, 40 pessoas morreram desde o início dos combates no domingo nesse imenso subúrbio popular de Bagdá, reduto da milícia do Exército de Mahdi, do clérigo radical Moqtada Al-Sadr.

Tropas americanas e forças regulares iraquianas se enfrentam com os milicianos sadristas que tentam avançar para o centro desse bairro periférico.

Leia tudo sobre: bagdá

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG