Professores são presos em Los Angeles em protesto contra demissões

Dezenas de professores de Los Angeles foram presos nesta sexta-feira durante uma manifestação que tomou as ruas da megalópole californiana para protestar contra as demissões previstas por um drástico plano do governo para combater o déficit fiscal.

AFP |

Cerca de 40 professores e o presidente do sindicato da categoria, AJ Duffy, foram detidos quando protestavam em frente à sede da Los Angeles Unified School District, a autoridade municipal de escolas públicas, no centro da cidade.

"Nos prenderam por ter enviado uma mensagem para o distrito (autoridades) e para a cidade de que eles, sim, têm o dinheiro (para pagar os professores)", denunciou Duffy. "Os pais vão ficar irados no próximo ano, quando mandarem seus filhos para estudar em classes com 50 ou 60 alunos", acrescentou.

A polícia de Los Angeles, no entanto, afirma ter prendido os manifestantes por bloquear uma via pública.

A manifestação foi autorizada depois que a administração de escolas públicas de Los Angeles votou a favor do corte de milhares de profissionais do setor da educação, com o objetivo de ajudar no combate ao milionário déficit da Califórnia, que mergulhou o estado em uma grave crise financeira.

pb/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG