Um professor que emprega um método radical de ensino, literalmente amarrando os alunos nas carteiras, foi denunciado no Panamá, informaram as autoridades locais." /

Um professor que emprega um método radical de ensino, literalmente amarrando os alunos nas carteiras, foi denunciado no Panamá, informaram as autoridades locais." /

Professor que ensina 'na marra' é denunciado no Panamá

Um professor que emprega um método radical de ensino, literalmente amarrando os alunos nas carteiras, foi denunciado no Panamá, informaram as autoridades locais.

AFP |

Um professor que emprega um método radical de ensino, literalmente amarrando os alunos nas carteiras, foi denunciado no Panamá, informaram as autoridades locais.

O incidente ocorreu no Centro de Educação Básica Geral de El Barrigón, no distrito de La Pintada, na província de Coclé, 150 km a sudoeste da capital panamenha.

O método radical do professor, que também coloca fita adesiva na boca dos alunos, veio à tona quando um visitante fotografou a situação, dando origem à revolta dos pais, que exigiram a demissão do educador.

Segundo denúncia feita à secretaria de Educação, o professor Erubey Agudo submete seus alunos a exercícios físicos pesados, amarra seus pés à carteira, coloca fita adesiva em seus lábios e aplica castigos.

O diretor da escola informou que já advertiu o professor por escrito e destacou que se a situação persistir, Agudo será demitido.

jjr/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG