Procuradoria rejeita revisão de asilo político a Battisti

Rio de Janeiro, 7 mai (EFE).- A Procuradoria Geral da República (PGR) rejeitou hoje uma possível revisão do status de refugiado político que o Governo concedeu ao ex-ativista italiano Cesare Battisti, condenado na Itália à prisão perpétua por quatro assassinatos.

EFE |

Em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Procuradoria recomendou o arquivamento, sem maiores análises, do processo através do qual o Governo italiano pede a anulação da decisão do Ministério da Justiça de conceder asilo a Battisti.

O Supremo precisa se pronunciar nos próximos dias sobre o pedido italiano e decidir se Battisti receberá o status de asilo ou se o Governo aceitará extraditá-lo.

A sentença da Procuradoria não é vinculativa, mas de qualquer forma será levada em consideração pelos juízes do STF.

Segundo o procurador-geral, Antonio Fernando Souza, o pedido italiano é improcedente. EFE cm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG