Procuradoria de Portugal pede decisão sobre caso Madeleine

Lisboa, 11 jul (EFE).- O procurador-geral de Portugal, Fernando Pinto Monteiro, pediu aos juízes que instruem o caso do desaparecimento da menina Madeleine McCann que decidam se é necessário realizar novas diligências antes do fim de julho, informou hoje a imprensa.

EFE |

O procurador-geral de Portugal considerou que os magistrados devem "concluir se é necessário realizar mais diligências ou o processo está pronto para a conclusão final".

A Procuradoria já tem em mãos o relatório final do caso elaborado pela Polícia Judiciária (PJ) e que, segundo antecipou na semana passada a imprensa portuguesa, indicaria que o caso deveria ser arquivado por falta de provas.

Antes destas informações, Pinto Monteiro teve que esclarecer que era prematuro assegurar que o caso estava encerrado, e afirmou que o arquivamento acontecerá somente em uma decisão da Procuradoria.

A imprensa local indicou que as autoridades decidirão por encerrar o caso antes de meados de agosto, momento no qual será suspenso o segredo de sumário imposto sobre este processo.

Madeleine foi vista pela última vez em 3 de maio de 2007, enquanto dormia com os irmãos gêmeos de dois anos em um centro de férias do Algarve e seus pais, Kate e Gerry McCann, jantavam em um restaurante próximo. EFE abm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG