Procuradoria de Munique investiga líderes de organizações islâmicas

Berlim, 20 mar (EFE).- A Procuradoria de Munique abriu uma investigação contra os líderes das duas principais organizações islâmicas na Alemanha, sob a suspeita de ter realizado negócios financeiros obscuros.

EFE |

Segundo informou hoje o procurador-geral Anton Winkler, os dirigentes são suspeitos de ter constituído uma organização criminosa e de ter cometido, entre outros crimes, fraude, lavagem de dinheiro, falsificação de documentos e coletas de dinheiro duvidosas.

As investigações estavam acontecendo desde 2007, disse Winkler.

Há dez dias, a Polícia confiscou vários computadores em uma batida realizada nas casas, escritórios e centros das duas associações em diferentes pontos da Alemanha.

As duas organizações são há anos objeto de observação do Escritório Federal para a Proteção da Constituição (espionagem interna). EFE ih/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG