Procuradora-geral de Illinois pede inabilitação de governador

(atualiza com solicitação da inabilitação). Washington, 12 dez (EFE).- A procuradora-geral de Illinois, Lisa Madigan, pediu hoje que a Corte Suprema do Estado declare o governador Rod Blagojevich deficiente para suas funções.

EFE |

Em sua moção, Madigan solicitou que o tribunal emita uma ordem temporária de restrição que impeça Blagojevich de continuar como governador.

O Governo federal acusa Blagojevich de solicitar benefícios pessoais em sua decisão de quem ocupará, no Senado dos EUA, a cadeira deixada vacante pelo presidente eleito, Barack Obama.

Blagojevich se reuniu esta manhã em sua casa com vários ministros e pastores religiosos e segundo um deles, Irak Acree da Igreja Bíblica San Juan, o governador não se referiu aos detalhes das acusações.

Em entrevista coletiva em Chicago (Illinois), Madigan disse que Blagojevich "é incapaz de distinguir entre seus interesses financeiros e suas obrigações oficiais, e entre atos ilegais e a conduta legal, o qual o desabilita para exercer o cargo de governador".

Até hoje, Blagojevich não disse que tenha intenções de renunciar, vai ao escritório normalmente e mantém, portanto, as atribuições para designar a dedo o futuro senador de Illinos. EFE jab/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG