Procurador de Udine autoriza enterro de Eluana

Roma, 11 fev (EFE).- O Procurador de Udine, Antonio Biancardi, autorizou hoje o enterro de Eluana Englaro, morta na segunda-feira, com a suspensão de sua alimentação e hidratação, depois de passar 17 anos em estado de coma vegetativo.

EFE |

Biancardi autorizou o sepultamento após receber os resultados da necropsia realizada ontem e que confirmaram a morte de mulher, devido a uma parada cardio-respiratória provocada por desidratação.

O aval de Biancardi coincide com a opinião do procurador-geral da Corte de Apelação de Trieste, Beniamino Deidda, que disse hoje que as causas do falecimento da jovem são "compatíveis" com o protocolo médico.

Agora Eluana poderá ser sepultada, após seu tio, Armando Englaro, afirmar hoje que a família não pretende cremá-la.

Ela será enterrada no cemitério de San Daniele, na cidade de Paluzza, próxima a Udine, onde seu corpo. EFE mcs/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG