Processo eleitoral no Nepal é concluído com anúncio definitivo de resultados

Katmandu, 8 mai (EFE).- A Comissão Eleitoral do Nepal concluiu hoje a apuração dos votos das eleições realizadas em 10 de abril, com a publicação dos nomes dos últimos deputados escolhidos para a Assembléia Constituinte do país.

EFE |

Raju Mansingh Malla, membro do organismo e responsável pela apuração, leu os nomes dos 335 membros da Câmara escolhidos mediante o sistema de representação proporcional, enquanto o chefe da comissão, Bhoj Raj Pokharel, entregou as atas aos representantes dos partidos.

Com o anúncio de hoje, o processo eleitoral fica finalizado, e a Assembléia está preparada para proclamar a República em sua primeira sessão plenária, prevista para daqui a três semanas, após 240 anos de Monarquia.

O Partido Comunista-Maoísta obteve 220 das 601 cadeiras que compõem a Assembléia, enquanto o Partido do Congresso Nepalês (NCP), do ainda primeiro-ministro Girija Prasad Koirala, ficou em segundo, com 110 cadeiras.

O chefe da Comissão disse que as eleições se realizaram pacificamente, e contaram "com a participação ativa de todos", e acrescentou que, uma vez obtidos os resultados definitivos, os nomes dos candidatos ganhadores serão apresentados ao primeiro-ministro e ao Parlamento esta tarde.

As eleições, realizadas em 10 de abril, terminaram com um saldo de três candidatos assassinados.

No total, pelo menos 20 pessoas morreram vítimas da violência durante as campanhas para o pleito.

As eleições eram parte essencial do acordo de paz assinado em novembro de 2006, que incluiu a desmobilização da guerrilha maoísta e sua incorporação à vida política.

Agora, além de redigir a Constituição da República nepalesa, a Assembléia atuará como órgão legislativo, e dela sairá o novo Governo do país. EFE ms/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG